Editando em Blender #02

FILMES EM CONSTRUÇÃO

EDUARDO XEXÉU

TEMA: Território e Resistência no Bracuí

ENTREVISTAS

  • Geraldo Juvenal → história de vida
  • José Adriano → questão da terra, luta no Bracuí
  • Marilda de Souza → histórias do bracuí

SINOPSE

O filme relata uma forma de vida tradicional, que traz a resistência pela terra localizada no Quilombo Santa Rita do Bracuí, em Angra dos Reis, através de relatos do modo de vida de alguns moradores, como Geraldo Juvenal, Marilda de Souza e José Adriano, contando suas histórias de vida e da comunidade. O filme tem importância para que as pessoas, ao verem uma comunidade tradicional na TV brigando pelo título de terra, tenham mais conscientização e ciência do porquê estamos sempre lutando.

FELIPE DAMAS

TEMA: Jongo e Patrimônio

ENTREVISTAS

  • Laudeni e Márcia → visibilidade, reconhecimento X preconceito
  • Suellen Tavares → patrimônio, salvaguarda e resistência

SINOPSE

O Patrimônio só existe porque o jongo existe. O documentário traz relatos de mestres, mestras e jovens da Comissão de Jovens Lideranças Jongueiras sobre a importância da salvaguarda. O jongo foi registrado como patrimônio imaterial em 2005. O mestre Laudeni e a mestra Márcia, de São José dos Campos, falam sobre a importância, a visibilidade, o reconhecimento e a luta pelo fim do preconceito do jongo como patrimônio. Suellen, jovem liderança da comunidade da Serrinha, RJ, fala de sua perspectiva sobre o jongo como patrimônio, que é a salvaguarda e a resistência.

LUCIANA CARVALHO

TEMA: Jongo e Ancestralidade

ENTREVISTAS

  • Alessandra Ribeiro → Resgate da Memória
  • Adélia Alexandre → Jongo mistura da raça
  • Suellen Tavares → Ancestralidade e corpos

SINOPSE

O filme fala sobre a relação e correlação que o jongo tem com a ancestralidade, tendo como guia o relato da liderança jongueira Alessandra Ribeiro, que através do acesso à sua ancestralidade resgatou a memória do Jongo Dito Ribeiro em Campinas – SP. Além disso, complementando o relato da jongueira, o filme traz breves colocações da matriarca Adélia Alexandre, do Jongo Mistura da Raça de São José dos Campos – SP, e da jovem liderança jongueira Suellen Tavares Onixegum, do Jongo da Serrinha, do Rio de Janeiro.

PEDRO AUGUSTO

TEMA: Jongo e Juventude

ENTREVISTAS

  • Comissão → história da rede, ancestralidade, o jovem na roda, dificuldades e evolução da rede
  • Laudeni → o que fala sobre a juventude (evolução e necessidade da rede)
  • Dona Celina → ponto do lambari X tubarão
  • Dona Adelia → pontos

SINOPSE

O filme fala do surgimento de Rede de Jovens Lideranças Jongueiras: quais são as demandas dos jovens e quais são os objetivos dessa articulação. Fala também de como a ancestralidade é importante para a Rede de Jovens Lideranças Jongueiras, bem como do respeito que os jovens têm para com os mais velhos, e de como os mestres são referências para os jovens levarem o seu legado adiante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s